BlogE-Commerce

7 Super Dicas Para Seu E-Commerce Converter Mais

7 Super Dicas Para Seu E-Commerce Converter Mais
7 Super Dicas Para Seu E-Commerce Converter Mais
4.4 (88%) 5 votes

Iniciar um negócio de comércio eletrônico nunca é um trabalho fácil. Ter um que seja lucrativo e que vai converter mais é ainda mais difícil.

Embora não haja escassez de dicas e truques sobre o fortalecimento das vendas para o comércio eletrônico, a maioria delas acaba sendo completamente inútil, se você não está seguindo as estratégias certas.

As pessoas não estão familiarizadas com a estratégia.

Aqueles que a compreendem sobreviverão, e aqueles que não o fizerem perecerão. – Sun Tzu disse com razão.

Independentemente do tamanho do negócio, o aumento das vendas on-line é o principal objetivo da maioria das empresas.

Se você tem um pequeno negócio de varejo ou e empregado em um grande gigante do comércio eletrônico, impulsionar as vendas através dos canais on-line é um pouco semelhante a fazer um strike no boliche – parece fácil, mas na realidade, não é.

Antes de iniciar seu comércio eletrônico, você deve ter e analisar um ckeck-list de verificação, para se certificar de que tudo está indo bem e corretamente.

No mundo saturado do e-commerce, cada loja esforça-se para ter mesmo a menor oportunidade.

Mas quando se trata de enriquecer a experiência das compras online, a maioria dos varejistas param no de sempre, algo tipo “adicione esses dois itens e ganhe 10% de desconto.”, ou “Os clientes que compraram este item também compraram …”

Na maioria dos casos, a concorrência em questão são outros grandes varejistas, que se aproveitam de algoritmos complexos para acompanhar e prever as necessidades do cliente e, em seguida, mostrar isso a eles o mais cedo e frequentemente possível.

Mas, o que acontece com as pequenas empresas de comércio eletrônico com os orçamentos escassos?

Eles serão azarões de segundo escalão para sempre? Nem sempre.

Aqui estão  7 super dicas matadoras  para o seu e-commerce converter mais, para o crescimento do seu negócio e  para fazê-lo chegar a um nível mais elevado de sucesso.

1. Personalização em tempo real

Quase três quartos (74 por cento) dos consumidores on-line ficam irritados com sites quando a propaganda que aparece (por exemplo, anúncios, ofertas, promoções) são irrelevantes para os seus interesses.

Hoje em dia, o marketing “espalhe e reze” está, infelizmente, morto.

Se você deseja ganhar e melhorar a adesão do cliente, você deve dar aos seus clientes uma experiência de compras sob medida, a respeito do que eles estão procurando.

Quanto mais ofertas relevantes você apresentar aos seus compradores, maior será as chances de que eles irão comprar mais ou seu site irá converter mais.

De acordo com um relatório, 73% dos clientes preferem fazer negócios com marcas que fazem uso de informações pessoais para aperfeiçoar as experiências de compras.

Você pode usar o histórico de navegação de não clientes e seus interesses e preferências para enviar mensagens personalizadas de marketing.

Certifique-se de tornar suas mensagens relevantes e direcionadas.

Como uma pesquisa realizada recentemente disse, 45 por cento dos clientes são suscetíveis de comprar de sites que oferecem recomendações personalizadas.

Compradores querem experiência personalizada na web, e também desejam a mesma experiência enquanto navegam por pontos de contato diferentes em sua jornada do cliente.

Isso pode ajudar quando um cliente está comprando em seu desktop, fica distraído e abandona o processo de checkout antes do término.

Quando retornam (especialmente em seu smartphone), mostrar algumas recomendações relevantes e os produtos que ficaram em seu carrinho de compras, pode incentivar seu cliente a terminar a transação.

Ao personalizar suas mensagens de marketing, você tem que ter em mente não super-personnalizar, ou então o cliente pode desistir do processo por medo de invasão de privacidade.

Há uma linha tênue entre usar informações pessoais do cliente para personalizar a mensagem e quebrar a privacidade dele.

2. Excluir Itens de Venda Lenta

Produtos que ficam na sua prateleira e vendem muito lentamente podem, em vários casos, reduzir o fluxo de caixa e  também desacelerar o desenvolvimento de uma empresa.

Dê uma olhada em itens em seu estoque que:

  • São perecíveis;
  • São sazonais;
  • São vendidos menos de uma vez a cada trimestre;
  • Tem uma versão mais recente ou atualizada;
  • Não foram vendido on-line em um mês ou mais.

Dê um desconto nesses itens, eles vão ajudá-lo a vender outros itens, e atrair clientes também.

3. Adicione um chat ao vivo (bate papo) para converter mais

Usando o chat ao vivo, os clientes podem fazer perguntas ou expressar preocupações antes de tomar qualquer decisão de compra, provavelmente aumentando as taxas de conversão ou aperfeiçoando a experiência de compras do cliente com sua marca.

Oferecer chat ao vivo em seu site também permitirá que você descubra os problemas menores e comuns dos clientes.

Resolver essas preocupações e questões pode levar a um aumento global das conversões.

Uma pesquisa descobriu que 31 por cento dos compradores on-line no Reino Unido e nos EUA reconhecem que são mais propensos a comprar, depois de um bate-papo ao vivo no site.

Há muitas razões pelas quais os clientes apreciam chat ao vivo, e o tempo é um fator chave.

As pessoas que preferem conversar ao vivo concordaram que 79 por cento o fizeram por causa da resposta rápida, e 46 por cento que era o método de comunicação mais eficaz.

4. Use um pop-up de opt-in com uma oferta para evitar que saiam

Se você deseja melhorar suas conversões e vendas, não negligencie o potencial que um pop-up de opt-in oferece.

O pop-up incentiva os visitantes a se inscreverem em a sua lista de discussão, newsletter ou programas de fidelidade.

Não só irá aumentar os contatos (um recurso útil para e-mail marketing) significativamente, mas também, impulsionar as vendas mais rapidamente, pois com mais cadastros, é maior a chance de converter mais do que o normal.

Um pop-up na tela do cliente em potencial quando está na dúvida sobre a compra em seu site pode muito bem ser influenciado por uma oferta bem colocada, como por exemplo, 10% de desconto em sua primeira compra ou frete grátis em compras acima de R$ 499.

Embora eles possam não concluir a transação naquele momento, mas se eles se inscreverem para a sua oferta, eles ainda terão sido adicionados em seu banco de dados, e você pode mandar a eles conteúdo, visando mudar a mente dele a fim do cliente concluir a venda.

Certifique-se de testar todos os elementos de sua oferta, para ter uma otimização máxima.

Faça testes A / B com diferentes ofertas, para ver qual funciona melhor e gera mais inscrições.

Certifique-se de que os visitantes vejam o pop-up antes que eles estejam prestes a sair da sua página.

Lembre-se: Quanto mais pessoas se cadastrarem, maior é a probabilidade de fazer vendas no futuro.

5. Ofereça frete grátis

Vários estudos têm mostrado que há muitos benefícios ao oferecer frete grátis.

Os compradores on-line são 4 a 5 vezes mais propensos a comprar de um site que oferece frete grátis, pois as pessoas não gostam de pagar pelo frete e transporte.

Se sua empresa não está oferecendo uma opção de envio gratuito para seus clientes, é hora de adicionar isso ao seu portifólio de estratégias para converter mais.

Em uma pesquisa realizada, 70 por cento dos entrevistados disseram que eles têm uma percepção de valor mais elevada com marcas que oferecem entrega gratuita.

84 por cento são mais propensos a fazer compras em site com este serviço.

E 75 por cento disseram que são mais prováveis comprar se houver uma promoção de frete grátis, em vez de outros tipos de promoções ou descontos.

6. Tenha opiniões dos clientes e construa sua confiança

As mídias sociais transformaram a vida de todos.

Não importa se for comprar um novo smartphone ou sair para jantar em um novo restaurante, as pessoas olham na internet primeiro.

De acordo com Invesp, 90 por cento dos clientes preferem ler revisões on-line antes de visitar um negócio ou usar seus serviços, e 88 por cento confiam em opiniões on-line, como por exemplo uma recomendação pessoal.

Os comentários dos clientes podem aumentar ou quebrar suas vendas.

Isso significa que opiniões positivas de clientes satisfeitos podem ajudá-lo a ganhar a confiança de seus clientes potenciais.

Por outro lado, opiniões negativas podem ajudá-lo a ganhar experiência e trabalhar nos pontos onde os clientes estão insatisfeitos com seus serviços.

Testemunhos de clientes e opiniões são, de fato, mais influentes do que cartas de vendas perfeitamente escritas, por isso,  certifique-se de adicionar comentários e depoimentos falando sobre como sua empresa, seus produtos ou serviços são maravilhosos.

7. Automatize o seu E-Mail Marketing

Automação é essencial para melhorar a produtividade do seu e-mail marketing e converter mais.

Automatizar toda a sua estratégia de marketing por e-mail com base em gatilhos pré-definidos, ajuda a enviar mensagens perfeitamente relevantes e oportunas, encantando os assinantes.

De acordo com uma pesquisa da Forrester, 89 por cento dos comerciantes disseram que o e-mail é o seu canal chave para a geração de leads (clientes potenciais).

Isso significa que você pode ser mais proativo ao automatizar a campanha de marketing por e-mail, e tornar o processo mais suave e mais eficaz.

Por exemplo, se um cliente abandona seu carrinho, o e-mail fará com que ele lembre sobre seu carrinho, e irá incentivá-lo a visitar o site e concluir a transação.

O  mais importante aqui é enviar um e-mail para os clientes com carrinhos abandonados.

E isso só é possível se você tiver automatizado o seu e-mail marketing.

Enviar e-mails manualmente vai te custar muito esforço e tempo.

Depois de automatizar o seu e-mail marketing, logo que alguém passa pelo gatilho, automaticamente um e-mail será mandado na hora, sem você mesmo levantar o dedo.

De acordo com as estatísticas, “os e-mails automatizados recebem taxas de clique 119 por cento mais altas do que os e-mails normais”.

Os comerciantes B2C (business to consumer, ou vendas ao consumidor) que usaram e-mails automatizados, passaram a converter mais em até 50%.

Finalizando:

Ter um negócio de e-commerce de sucesso nunca é uma aposta certa, mas usando as estratégias acima mencionadas, você pode ficar certo de que você não deixou as coisas meramente ao acaso.

Além disso, todas essas estratégias funcionam, se você implementá-las corretamente!

Última Dica : 

Compartilhe esse posts se você gostou, siga nossas mídias sociais para receber mais conteúdo relevante e deixe abaixo seu comentário, sua pergunta e diga se lhe ajudaram essas 7 Super Dicas Para Seu E-Commerce Converter Mais !

Ficou curioso ? Leia mais sobre E-Commerce no nosso blog.

Se interessou sobre o assunto e procura uma Agência e Consultoria de Marketing Digital especializada em Micro, Pequenas e Médias Empresas para ajudá-lo ?

Entre em Contato Conosco que teremos prazer em ajudar sua empresa a ter mais vendas e lucros com o uso correto da Internet.

Rodolfo Sabino, é CEO e co-fundador da Tráfego e Vendas, Palestrante, Professor de SEO na Impacta Tecnologia, Certificado em Inbound Marketing pela Hubspot, em SEO pela SEM Rush.

É especialista e Consultor em SEO, Marketing Digital (Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Automação de Vendas e Marketing) e Growth Hacking.

Deixe uma resposta