SEO

A Landing Page Perfeita: Um Guia Completo de SEO

A Landing Page Perfeita: Um Guia Completo de SEO - Tráfego e Vendas
A Landing Page Perfeita: Um Guia Completo de SEO
4.8 (96%) 5 votes

Sua página tem uma classificação alta nas buscas do Googles para uma palavra-chave de alta conversão.

Maravilha, o que pode ser melhor?

Espere um minuto. É a página errada!

Sim, é sua página, mas não está nem perto da correspondência de consulta ideal.

Mesmo que você ache que ainda é ótimo que sua página esteja em alta nas buscas, não importa qual seja o conteúdo, você pode enfrentar as seguintes consequências:

  • O CTR não muda: sua página pode não ter relevância e não exige muitos cliques;
  • A taxa de rejeição aumenta: quando os usuários não recebem uma resposta suficiente pela consulta que fizeram, eles saem sem pensar duas vezes;
  • As conversões ficam inativas: Outra página com conteúdo menos relevante pode não ter um call to action.

Acho que tal situação não é o que você precisa para o seu site e suas páginas de conversão.

Mas não é uma catástrofe, você pode lidar totalmente com isso.

Para lhe ajudar, fiz uma lista de verificação com algumas ações de emergência que colocarão tudo em ordem.

Compare a página que está classificando e a página que deveria classificar para a palavra chave, e otimize a última para tudo que ela não tem.

Assim, veja abaixo como ter a landing page (página de destino) perfeita.

A Landing Page Perfeita: Otimização da palavras-chave

A Landing Page que está classificando em vez da pretendida pode ter alguns elementos que são melhor otimizados para suas palavras-chave alvo.

Portanto, você deve otimizar a página que precisa classificar para garantir o sucesso nas listagens de pesquisa.

Para ter o SEO da landing page perfeita , vc precisa dos seguintes cuidados:

1. Tag do título

Embora agora os mecanismos de pesquisa consigam interpretar o tópico de uma página sem palavras-chave exatas na tag de título HTML, ela ainda é de grande importância, como vemos em três lugares de alta visibilidade:

  • SERPs;
  • Guias do navegador da Web;
  • Redes sociais (quando a página é compartilhada).

Se você tem dúvidas de que o Google analisa as tags de título de suas páginas de pesquisa, vá para a própria página inicial do Google AdSense e procure o título no código-fonte.

Está otimizado para uma palavra-chave de cauda longa, “make money online”. Veja na imagem abaixo:

 

A Landing Page Perfeita: Um Guia Completo de SEO - Tráfego e Vendas

 

O que fazer para ter o título ideal para a landing page perfeita:

  • Cuidado com o tamanho do título: mantenha com menos de 60 caracteres. Não use o CAPS LOCK;
  • Use palavras-chave segmentadas de maneira inteligente: não sobrecarregue títulos com palavras-chave, use um ou dois;
  • Colocar palavras-chave na primeira parte de uma tag de título: quando os usuários percorrerem as listagens de pesquisa, eles verão primeiro suas informações de destaque;
  • Use uma marca no título: ela pode funcionar se sua marca for popular – ela endossará seu conteúdo;
  • Evite títulos duplicados: títulos duplicados podem ser uma indicação de conteúdo duplicado, o que pode prejudicar seu ranking do Google.

 

2. Meta Descrição

A importância dessa tag é comparável à tag de título. A meta descrição aparece em:

  • SERPs (Search Engine Results Page, ou página de resultados de busca);
  • Redes sociais (quando a página é compartilhada).

A Meta Descrição fornece aos usuários mais detalhes sobre seu conteúdo e os ajuda a determinar se ele é relevante para a consulta deles.

Aliás, esta pré-visualização influencia também o CTR (Click-through Rate, ou a proporção da frequência com que as pessoas que visualizam seu anúncio clicam nele).

O que fazer para ter Meta descrições da landing page perfeita:

  • Cuidado com o comprimento: mantenha a Meta descrição com cerca de 155 caracteres;
  • Faça um anúncio em sua descrição: Escreva uma descrição que sirva como uma espécie de anúncio para sua página. Além disso, os mecanismos de pesquisa destacam as palavras-chave de consulta dos usuários em negrito nos snippets da SERP. Essas palavras em negrito chamam a atenção dos usuários. Portanto, otimizar sua meta descrição para a palavras-chave é muito importante;
  • Evite descrições duplicadas: descrições duplicadas podem servir como uma indicação de conteúdo duplicado para os mecanismos de pesquisa. E isso pode confundir e muito o motor de busca.

 

3. Tags de Cabeçalho

As tags de cabeçalho  (H1-H6) são usadas para estruturar o conteúdo e mostrar sua hierarquia na página.

O uso de tags de cabeçalho ajuda os mecanismos de pesquisa a entenderem melhor o conteúdo.

Além disso, as tags de cabeçalho fornecem uma estrutura para um determinado conteúdo que permite aos visitantes consumirem os pontos principais em um curto período de tempo.

O que fazer para ter o as Tags de cabeçalho ideais para a landing page perfeita:

  • Coloque os títulos em uma ordem hierárquica: use apenas um H1 por página e construa uma estruturação de níveis com as tags H2-H6;
  • Otimize os cabeçalhos de palavras-chave: os títulos normalmente são iguais aos pontos principais da sua página, por isso é aconselhável incluir as palavras-chave segmentadas neles;
  • Faça seus títulos se destacarem: enquanto os mecanismos de pesquisa leem suas meta tags, seus visitantes lêem texto. Use tamanhos de fonte, formatação e estilos diferentes para que seus títulos capturem os olhos dos usuários.

 

4. Conteúdo

Tão claro quanto o dia, conteúdo é Rei.

Para que os mecanismos de busca encontrem seu conteúdo, eles precisam de algumas sugestões. Palavras-chave são as melhores dicas que você pode incorporar em sua página.

O que fazer para ter o conteúdo ideal para a landing page perfeita:

  • Coloque as palavras-chave nas primeiras 100-150 palavras da página: tanto os usuários quanto os mecanismos de pesquisa os encontrarão mais rapidamente dessa maneira. O ideal seria nos primeiros parágrafos;
  • Use todos os tipos de palavras relacionadas: Na era da pesquisa semântica, o Google não precisa de palavras-chave exatas para responder à consulta. A única coisa importante aqui é o significado por trás das palavras. Portanto, sinta-se à vontade para usar todos os tipos de sinônimos e termos relacionados.
  • Faça seu conteúdo com um tamanho considerável: o conteúdo mais longo geralmente rankeia melhor, no entanto, o tamanho pode variar de um nicho a outro. Assim, para entender qual tamanho é bom o suficiente, observe as páginas que já estão bem rankeadas para suas palavras-chave específicas.

 

5. Pesquisa Interna

Quando seu site tiver mais de 20 páginas, seria uma boa ideia ter uma caixa de pesquisa no seu website.

E o melhor de uma caixa de pesquisa é que você pode integrá-la ao Google Analytics (veja como) e visualizar as consultas e buscas que os visitantes inserem em seu site.

Esses dados permitirão que você:

  • Entenda o que os usuários pesquisam e verifique se você está atendendo eles. Se você seguir e ajudar seu visitante, reduzirá consideravelmente as suas taxas de rejeição;
  • Encontre novas ideias de palavras-chave com base nas consultas que os usuários digitam na sua caixa de pesquisa.

 

6. Open Graph

Tags Open Graph fazem snippets de seus links quando são compartilhados via mídias sociais.

Dessa forma, você pode controlar como seu conteúdo é representado após o compartilhamento no Facebook, Twitter, LinkedIn, etc.

Faz sentido então otimizar as tags Open Graph para atrair cliques e conversões.

O que fazer para ter as Tags Open Graph ideais para a landing page perfeita:

  • Otimize seu título e descrição de Open Graph: Como você tem esses blocos especiais de HTML que são usados pelas mídias sociaiss, primeiro use-os e, segundo, use-os com sabedoria. Lembre-se de que esses elementos não serão usados em SERPs. Por isso, não é tão importante otimizá-los para suas palavras-chave, mas sim deixá-los atraentes para seus visitantes em potencial;
  • Aproveite ao máximo a imagem Open Graph: Uma imagem torna um link compartilhável muito mais atraente, pois pode fazer associações memoráveis. Além disso, é possível colocar texto na imagem para recapitular o ponto principal do seu conteúdo.

 

Otimização Visual

Agora, veremos os elementos que tornam seus resultados mais atraentes para os usuários. Isso dá aos mecanismos de busca uma forte indicação de que essa página é muito mais adequada para uma consulta específica.

 

7. Marcação do Esquema (Schema Markup)

A marcação de esquema é uma espécie de marcadores especiais que você pode usar para marcar suas páginas.

Como resultado, seus snippets se destacarão nas SERPs.

Por exemplo, seus snippets podem ter elementos adicionais como:

  • Classificações por estrelas;
  • Imagens;
  • Número de avaliações;

O que fazer para ter a marcação de esquema na landing page perfeita:

O Google tem duas ferramentas bastante úteis para ajudar você a adicionar a marcação de esquema às suas páginas:

 

8. Multimídia

Imagens, diagramas, infográficos e tutoriais em vídeo tornam o conteúdo mais envolvente, aumentando o tempo gasto no site.

Além disso, além da melhoria clara da experiência do usuário, alguns desses elementos podem ser otimizados para palavras-chave segmentadas.

O que fazer para ter sua mídia corretamente indexada na landing page perfeita:

  • Otimize os atributos alternativos das imagens: escolha imagens úteis (diagramas, infográficos etc.) e adicione o texto alternativo para elas. Deixe sua descrição amplificar o contexto do seu conteúdo, introduzindo palavras-chave alvo. Dessa forma, você tornará suas imagens mais visíveis tanto para os mecanismos de pesquisa quanto para os visitantes;
  • Adicione uma transcrição de vídeo: caso você tenha um conteúdo bastante reduzido, a transcrição de vídeo se tornará o conteúdo adicional em sua página. Além disso, é bastante útil quando os usuários não puderem assistir ao vídeo por qualquer motivo, ou quando não entendem bem algumas partes dele.

 

9. Conteúdo Acima da Dobra

O termo “acima da dobra” veio de editores de jornais, e se tornou um conceito de SEO após a atualização do layout de página do Google, quando começou a penalizar sites por muitos anúncios acima da dobra imaginária.

O que precisa fazer para ter conteúdo acima da dobra na landing page perfeita:

Mesmo que você receba uma quantidade razoável de receita exibindo anúncios em seu website, é preciso lembrar que muitos anúncios podem ter um impacto negativo nas classificações de pesquisa.

Certifique-se de ter conteúdo suficiente acima da dobra:

 

A Landing Page Perfeita: Um Guia Completo de SEO - Tráfego e Vendas

 

10. Botões de compartilhamento social

O posicionamento proeminente dos botões de compartilhamento social facilitará ainda mais o compartilhamento de seu conteúdo para seus visitantes.

O que precisa fazer para ter botões de compartilhamento social na landing page perfeita:

  • Posicione os botões de compartilhamento social estrategicamente: esses botões podem reduzir o tempo de carregamento de sua página, portanto, use-os em páginas que sejam boas candidatas para atrair uma boa quantidade de tráfego de referência.

 

Otimização Técnica

Nesta seção, verifique os problemas técnicos que podem impedir a alta classificação da sua página.

 

11. Velocidade da Página

A velocidade da página é um sinal de classificação para desktops há alguns 8 anos, e há algum tempo se tornou um fator importantíssimo de classificação para dispositivos móveis.

A velocidade da página tem uma grande influência na experiência do usuário, na receita e no SEO.

Além disso, o Google parece ter tomado recentemente uma decisão estratégica de focar na velocidade, tendo introduzido várias tecnologias e ferramentas revolucionárias recentemente.

Por isso, é hora de prestar atenção a esse aspecto.

O que fazer para ter mais velocidade na sua landing page perfeita:

 

12. Conteúdo Otimizado para Mobile

As pessoas quase sempre estão em seus smartphones. Um grande número de consultas é realizado nesses dispositivos.

Além disso, o Google já acelerou a prioridade para indexação em dispositivos móveis.

Isso significa que o Google procurará primeiro em sua versão para celular ao rastrear, indexar e classificar seus websites, não sua versão para computador.

O que fazer para ser “Mobile Fiendly” na landing page perfeita:

  • Use design responsivo para o seu site;
  • Analise as práticas recomendadas para indexação em dispositivos móveis;
  • Atender à experiência do usuário: verifique se seu site (em geral) e suas principais páginas de destino (em particular) são carregadas rapidamente em dispositivos móveis e computadores, e todo o conteúdo é exibido corretamente.

 

Otimização de Links

Nesta seção, gostaria de discutir como seus links (backlinks, links externos e links internos) podem influenciar a classificação de suas landing pages importantes.

 

13. Backlinks

Às vezes, a página de destino errada será classificada em vez da página que você quer, pois ela possui backlinks de autoridade mais alta, o que é um forte sinal de relevância para os mecanismos de pesquisa.

Como corrigir sua linkagem na landing page perfeita:

  • Compare os backlinks das páginas em questão e verifique se a página errada possui alguns backlinks de alta autoridade;
  • Entre em contato com os sites externos e peça que eles vinculem à página de que você precisa;
  • Tente ganhar backlinks de alta autoridade para a página que você precisa.

 

14. Links externos

Os links para páginas externas relacionadas são um sinal de relevância, que ajuda os mecanismos de pesquisa a determinar o tópico da sua página.

Logo, a página classificada erradamente pode ter mais links externos para sites de alta autoridade.

Assim, os mecanismos de pesquisa podem pensar que essa página é um centro de informações de qualidade, e pode subir nos rankings em pesquisas.

Como fazer com seus links externos na landing page perfeita:

  • Torne a sua página certa um centro de informações de qualidade consolidando todos os links externos para sites de autoridade em um tópico específico;
  • Diminur o ranking da página errada que classifica melhor, removendo os links para sites de autoridade.

 

15. Links Internos

Quando várias páginas segmentam o mesmo tópico (ou palavra-chave), seus links internos ficam menos valiosos e os mecanismos de pesquisa nem sempre podem determinar a página mais relevante para esse tópico.

É uma das razões mais óbvias para a página errada se classificar.

O que fazer com seus links internos na landing page perfeita:

  • Criar clusters por tópicos: Ao interligar suas postagens em um assunto específico, você está criando um campo de especialização sobre esse tópico. Nesse campo de especialização, você pode aumentar a classificação de página mais proeminente vinculando páginas menos proeminentes à página mais importante. Tente usar textos âncora otimizados para suas palavras-chave ao vincular a outras páginas relevantes ao tema;
  • Use redirecionamentos 301: com redirecionamentos, você pode redirecionar visitantes de páginas menos proeminentes para as que deseja classificar para esse tópico ou palavra-chave.

 

Desotimização

É uma coisa rara no mundo de SEO dar conselhos para e sobre como degradar os sinais de classificação da sua própria página.

Mas quando esta página se classifica em vez de uma mais proeminente e não serve para nada, esta é a única maneira de lidar com esta situação desagradável.

Aqui está um pequeno plano para este ato de auto-sabotagem em favor da landing page perfeita:

1. Tire as palavras-chave segmentadas

Apesar de os mecanismos de pesquisa agora poderem determinar um tópico sem palavras-chave de correspondência exata, você deve remover referências à palavras-chave segmentadas.

Isso também inclui texto âncora otimizado para palavras-chave e palavras-chave semelhantes.

 

2. Mesclar páginas semelhantes

Caso você não queira desvalorizar uma página classificada incorretamente, pois ela pode conter informações valiosas e links de entrada, você pode considerar a mesclagem dessas páginas para criar uma página mestra sobre esse tópico.

 

3. Canonizar

Se você tiver algumas páginas com conteúdo quase idêntico, use a Tag rel = canonical para informar aos mecanismos de pesquisa qual página é mais importante.

Isso impedirá que você tenha conteúdo duplicado e salvará você da canibalização de palavras-chave.

 

4. Noindex

Essa medida pode ser usada para as páginas que ainda são valiosas para seus visitantes, mas de repente você não precise delas para classificar nos resultados de pesquisa.

Você de repente não quer que elas sejam indexadas, mas eles potencialmente acabam nos resultados de pesquisa, em vez de suas páginas muito mais úteis.

Você pode usar robôs com meta tag no seu HTML para noindex de tais páginas.

 

5. Apagar

Parece muito radical, mas você pode ter de fazer isso se esta página:

  • Tiver pouco conteúdo e ainda rouba tráfego de páginas semelhantes, mas muito melhores;
  • Não agrega nenhum valor para seus visitantes;

Obs.: Antes de excluir, verifique se esta página não possui backlinks e links internos importantes. Além disso, adicione um redirecionamento 301 desta página a uma semelhante que você gostaria de classificar.

Tenho certeza de que, ao passar por essa lista, você descobrirá o motivo da classificação da página errad,a em vez de uma página mais proeminente.

Última Dica :

Compartilhe esse posts se você gostou, siga nossas mídias sociais para receber mais conteúdo relevante e deixe abaixo seu comentário, sua pergunta e diga se lhe ajudou esse post sobre Landing Page Perfeita: Um Guia Completo de SEO !

Ficou curioso ? Leia mais sobre Otimização para Mecanismos de Busca (SEO) no nosso blog.

Se interessou sobre o assunto e procura uma Consultoria de Marketing Digital especializada em Micro, Pequenas e Médias Empresas para ajudá-lo ?

Entre em Contato Conosco que teremos prazer em ajudar sua empresa a ter mais vendas e lucros com o uso correto da Internet.

Fonte: https://www.searchenginejournal.com/make-the-right-landing-page-rank-seo-checklist/253639/

Rodolfo Sabino, é CEO e co-fundador da Tráfego e Vendas, Palestrante, Professor de SEO na Impacta Tecnologia, Certificado em Inbound Marketing pela Hubspot, em SEO pela SEM Rush.

É especialista e Consultor em SEO, Marketing Digital (Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, Automação de Vendas e Marketing) e Growth Hacking.

Deixe uma resposta